A Opera Software anunciou recentemente que assinou um contrato com a Microsoft para fornecer seu Opera Mini como o navegador padrão que virá pré-instalado nos feature phones (aparelhos com recursos avançados, mas que não são smartphones) da Nokia. O browser vai substituir o internamente desenvolvido Xpress, que está nos dispositivos da fabricante finlandesa desde os modelos Nokia Series 30+, 40 e Asha.

Usuários atuais do navegador antigo serão encorajados a atualizar seus celulares, enquanto os aparelhos mais novos já virão com o Opera instalado de fábrica. Os desenvolvedores do browser afirmaram estar muito felizes com o acordo e que vinham sonhando com esse tipo de negócio há mais de 10 anos.

Acredita-se que o contrato seja lucrativo para a Opera desde o início, já que representou um crescimento de 6,5% da fatia de mercado da empresa no próprio dia em que foi assinado. O relatório do segundo trimestre da companhia também apresentou bons resultados, com um crescimento de até US$ 27 milhões em rendimentos – valor que ultrapassa em US$ 2,3 milhões as previsões dos analistas.

O Opera Mini é discutivelmente um dos melhores navegadores para feature phones, usando recursos de assistência via nuvem para comprimir as informações em até 90% antes de transmiti-las para os usuários. O resultado é uma experiência de navegação mais rápida, mas com menos uso de dados. Ainda que o Xpress da Nokia tenha recursos bastante similares, parece que a Microsoft acredita que o Opera realmente faz isso melhor.

Cupons de desconto TecMundo: