Produtos em demonstração durante evento da NVIDIA (Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

Em evento realizado hoje (18), na cidade de São Paulo, o gerente da NVIDIA no Brasil, Richard Cameron, anunciou o lançamento das placas de vídeo da linha GT 600, que acabam de chegar ao Brasil. Voltadas para o consumidor comum, os novos modelos oferecem uma ótima relação custo-benefício e aumentam o desempenho de tarefas relacionadas ao mundo multimídia, como a visualização de filmes em alta definição.

Indicada para trabalhos cotidianos, as novas placas que compõem a série são:

  • GT 610, que é considerada como o modelo de entrada da linha;
  • GT 620, que é cerca de 1,5 vez mais potente do que a GT 520;
  • GT 630, 1,2 vez mais capaz do que a GT 430; e
  • GT 640, a mais potente das quatro e que custa cerca de R$ 400.

Todos esses modelos fazem uso da mais recente arquitetura de GPU da NVIDIA, também conhecida como Kepler. Além de estarem prontas para o DirectX 11, as placas contam com as tecnologias CUDA, que possibilitam dividir tarefas em paralelo entre CPU e GPUS, e PhysX, que oferece simulações físicas muito mais confiáveis.

Richard Cameron apresentou detalhes sobre os lançamentos (Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

De acordo com Cameron, essas placas são indicadas para quem comprou um computador anos atrás e precisa, agora, de um upgrade para tornar o processamento de vídeo mais rápido. A placa GT 640, por exemplo, oferece um desempenho nove vezes mais rápido se comparada com máquinas que possuem vídeo integrado e pode trabalhar com até quatro monitores simultaneamente.

Como se não bastasse, mesmo os modelos mais simples, como a GT 610, já fornecem um maior número de elementos a determinados games, como é o caso do famoso Starcraft. Além disso, tarefas como edição de fotografias ou de vídeo dobram de desempenho quando uma dessas placas está presente.

Gamers devem optar pela linha GeForce GTX

As novidades também vieram para simplificar. Enquanto a linha GeForce GT é dedicada ao público em geral, que joga games mais leves e ocasionalmente, os fãs mais hardcore de jogos devem recorrer aos modelos da linha GeForce GTX.

Para apresentar o poder de fogo dessa série, o diretor técnico de marketing da NVIDIA, Nick Stam, apresentou o vídeo acima para demonstrar um pouco do nível de detalhes e elementos que as placas são capazes de gerar. Para ter uma ideia, só o cabelo da fada exibida no vídeo é composto por 40 mil fios independentes, cada um com diversos pontos de movimento.

De acordo com Stam, a procura por jogos na plataforma PC está crescendo e, nos próximos anos, a receita obtida com esse mercado deve superar a receita proveninente do mercado de consoles de video games. Por isso, a NVIDIA continua apostando na fabricação de placas gráficas dedicadas e capazes de executar os jogos mais recentes, visto que vídeos integrados não possuem compatibilidade com quase metade dos títulos mais vendidos.

No vídeo acima, é possível ver uma demo criada pela Epic Games e que demonstra, na prática, algumas tecnologias presentes na linha GTX da NVIDIA, como diminuição de serrilhados e aperfeiçoamento de simulações físicas.

Chega de imagens serrilhadas

Com o recurso de Fast Approximate Anti-Aliasing (FXAA), as placas da linha GTX ajudam a diminuir quase por completo o aparecimento de estruturas serrilhadas nas cenas dos games. Assista ao vídeo abaixo para verificar, na prática, como esse recurso pode tornar as imagens mais bonitas.

Diferentemente da FXAA, a tecnologia conhecida como TXAA fica mais visível nas cenas em movimento, como as mostradas no vídeo a seguir. O efeito de anti-aliasing é tão rápido que as imagens se movem com mais suavidade e, principalmente, sem prejudicar a diversão.