Se ao ouvir as palavras Nokia e Kinetic no mesmo nome, seu cérebro já imaginou uma espécie de projeto Natal (Microsoft Kinect) adaptada para smartphones, saiba que o conceito aqui é completamente diferente. Os movimentos em questão provêm do próprio aparelho, e não dos gestos do usuário.

Assim como o brinquedo “joão-bobo”, que possui seu centro de massa na base arredondada, o Nokia Kinetic descansa em equilíbrio na posição vertical. Para ignorar um telefonema, por exemplo, bastaria um gentil empurrão no telefone. Os eletroímãs localizados em sua parte inferior tratam de trazê-lo novamente para a posição original.

O celular que fica sempre de pé.

Fonte: Jeremy Hopkins

Realizar videoconferências sem a necessidade de segurar o smartphone em uma das mãos também parece promissor. A Nokia estuda ainda diversos outros gestos inteligentes para atribuir funções ao smartphone. Mas além de aliviar o stress, será que a forma curiosa do aparelho será de alguma finalidade prática?

Fonte: Jeremy Hopkins

Se você já tratava de incluir o telefone em sua lista de desejos, saiba que ele é apenas um projeto do designer Jeremy Hopkins que estima se tornar funcional em 2012.

Cupons de desconto TecMundo: