(Fonte da imagem: Reprodução/Nokia)

A Nokia e a Microsoft anunciaram oficialmente nesta semana que a negociação entre as empresas não será concretizada em março deste ano, como era previsto, mas deve finalmente ocorrer em abril de 2014.

O anúncio da compra da divisão mobile da Nokia por R$ 17 bilhões pela companhia norte-americana ocorreu em setembro de 2013. O problema é que a negociação não é nada fácil, já que ela envolve a aprovação de diversos órgãos comerciais ao redor do mundo, como a European Commission e o U.S. Department of Justice. Até o momento, quinze mercados de cinco continentes já deram o sinal positivo, mas falta receber o "sim" de autoridades antitruste da Ásia.

Esse órgão, especificamente, funciona para garantir o direito de concorrência e proibir restrições ou limitações de mercado, o que pode ser justamente o caso dessa aquisição. Como os demais países já aprovaram, é possível que a comissão asiática não demore muito para fazer o mesmo.

Cupons de desconto TecMundo: