(Fonte da imagem: Reprodução/TheVerge)

Assim como você já deve ter lido aqui no Tecmundo, a Microsoft comprou a divisão de celulares da Nokia — a negociação foi divulgada no começo do mês de setembro e fez com que a companhia do Windows desembolsasse R$ 17 bilhões. No entanto, essa história de aquisição teve um capítulo realmente final somente agora.

Nesta semana, praticamente todos os investidores da Nokia aprovaram a compra — em porcentagem, isso significa que 99,7% deles foi favorável a negociação feita. O pessoal que ainda estava com um pé atrás era movido pelo sentimento de que a companhia vendida é um símbolo nacional da Finlândia, mas eles acabaram “vencidos” pela maioria.

Algumas dúvidas e rumores...

Dessa maneira, eles assinaram e finalizaram oficialmente a venda de divisão de celulares para a Microsoft, que começou a acontecer em fevereiro, na Mobile World Congress. Contudo, a empresa da Windows ainda não declarou como vai utilizar a equipe de Windows Phone e Asha dentro da sua própria estrutura.

Apesar disso, sabe-se que a intenção é a de fazer com que os aparelhos produzidos entre as duas companhias sejam melhores — além de evitar que segredos sejam guardados entre elas, coisa que já aconteceu. Além de tudo isso, há o rumor de que Stephen Elop (CEO da Nokia) pode fazer parte dos prováveis substitutos de Steve Ballmer, quando ele se aposentar.

Cupons de desconto TecMundo: