(Fonte da imagem: Reprodução/CNET Asia)

Acredite se quiser: a Nokia quase tomou o lugar da Apple como a grande inovadora no mercado de celulares com os smartphones que utilizavam apenas telas sensíveis.

Isso porque a finlandesa já tinha seu próprio “iPhone”, chamado MyOrigo, quase cinco anos antes de o aparelho da Maçã chegar ao mercado. O smartphone, que você pode ver na imagem acima (e na galeria abaixo), existe apenas em protótipos, e foi revelado ao CNET Asia por Thomas Zilliacus, o fundador da Newkia.

Não há como negar que o dispositivo devia ser impressionante: embora bem maior do que o que estamos acostumados hoje, na época o design e o tamanho do aparelho certamente se mostravam incríveis. Com direito a uma tela quase tão grande quanto a dos iPhones atuais, o equipamento possuía também uma interface que lembra os celulares Nokia mais antigos e até mesmo a capacidade de rotacionar a tela de acordo com a orientação em que o dispositivo se encontrava.

O aparelho que nunca viu a luz do dia

Se a Nokia tinha um aparelho tão impressionante, por que o MyOrigo nunca chegou ao mercado? Infelizmente, o smartphone foi rejeitado pelo alto escalão da Nokia, que achava que ninguém se interessaria por um celular cuja tela sempre estaria suja de marcas de dedos.

Bem, podemos não ter conseguido fugir das telas sujas de marcas de dedos, mas o fato é que os smartphones com touchscreen simplesmente dominam o mercado atual, deixando quase nenhum espaço para os celulares com botões físicos. E é bem provável que os executivos que tomaram a decisão acima estejam arrependidos disso até hoje.

Cupons de desconto TecMundo: