Depois de um bom período como uma das gigantes da telefonia celular, a Nokia se viu sendo ultrapassada por diversas outras empresas, como Samsung e Apple. Pode-se dizer que a insistência em um sistema operacional defasado (no caso, o Symbian e suas diferentes versões) ajudou, assim como alguns lançamentos questionáveis, como o nGage, mas a empresa finlandesa estava em vias de se recuperar, graças ao apoio ao Windows Phone, o sistema operacional móvel da Microsoft.

Agora, o Credit Suisse, banco suíço de investimento, rebaixou o status da Nokia de “empresa neutra” para “empresa abaixo do seu rendimento”. Segundo o periódico Street Insider, o banco não acredita que a finlandesa consiga se recuperar e sugere que ela seja repartida e vendida, evitando um cenário pior do que o atual.

O banco ainda salientou que empresas como a Apple podem demonstrar interesse em algumas patentes da Nokia, enquanto Ericsson, Huawai e ZTE podem se interessar em partes da Nokia Siemens Networks.

Parece que o lançamento do Windows Phone 8 será a prova de fogo para a empresa, sendo a possível última chance de redenção da Nokia. Você acredita na recuperação da companhia ou acha que estamos prestes a ver o seu fim?

Fonte: Street Insider

Cupons de desconto TecMundo: