Entre tantos produtos com propostas diferentes feitos pela Nintendo, um dos mais curiosos (para não dizer o mais estranho de todos) certamente foi sua ideia de criar um sistema de monitoramento do sono. O aparelho, de fato, aparentemente não ficou limitado ao papel, estando em desenvolvimento conjunto com a companhia ResMed.

Com um conceito tão incomum, é provável que muitos já tenham se perguntado: o que esperar desse dispositivo? A resposta pode ter acabado de surgir graças a um grupo de membros do NeoGAF, que descobriu recentemente uma série de documentos de patente registrados no site FPO — ligados diretamente à ideia do monitor de sono.

De acordo com os arquivos da patente, o dispositivo, que se assemelha a um pequeno dock para smartphones, consiste em um “terminal portátil” que é capaz de utilizar câmera, microfone e outros sensores para analisar dados como a temperatura de seu corpo e o nível de ruído gerado por você. Não fica claro se o aparelho na imagem abaixo seria realmente um smartphone ou se se trata de um dispositivo próprio que pode ser “destacado” do terminal.

Se você ainda pensa que esse pode não ser um produto da Nintendo, aqui temos o surgimento de uma prova bastante curiosa: uma das imagens mostra nada menos do que o Wii Balance Board sendo utilizado em conjunto com o terminal. Seu uso? Bem, ele provavelmente serve para analisar sua maneira de dormir ou se posicionar durante o sono. Mas vamos torcer para que isso não envolva nada como ter que dormir sobre esse acessório, pois não parece ter uma aparência agradável.

Todas essas informações, por sua vez, são analisadas de maneira a gerar uma pontuação, que indica a qualidade de seu sono. É claro que a empresa não iria aproveitar simplesmente a tela presente no terminal para mostrar os resultados – no lugar disso, tudo é exibido em uma projeção feita no teto de seu quarto, para que você veja quão boa (ou ruim) foi sua noite assim que acordar.

Vale notar, por fim, que o resultado pode muito bem ser completamente diferente do que veremos, quando o produto da Nintendo e da ResMed chegar às lojas; afinal, estamos apenas falando de uma patente cujo aparelho nem mesmo deu as caras até agora. Se estiver curioso para ver como ele vai funcionar de verdade, espere sentado, já que o monitor de sono só deve chegar em 2016.

Cupons de desconto TecMundo: