Durante uma entrevista concedida à revista Time, o presidente da Nintendo, Tatsumi Kimishima, voltou a falar sobre as características do Switch. Segundo ele, embora o hardware do aparelho seja capaz de lidar com jogos do Wii U, não há qualquer plano no momento de investir em um sistema de retrocompatibilidade.

“O Switch não é retrocompatível com jogos desenvolvidos para outros sistemas e não é compatível atualmente com controles para outras plataformas. O suporte para certos controles pode ser incluído em uma atualização futura. Em alguns casos, games de sistemas passados podem ser relançados para o Nintendo Switch de forma aprimorada ou em seu formato original”, afirmou Kimishima.

Ele também reforçou que o Miiverse não vai estar presente na nova plataforma, já que a Nintendo prefere usar outras redes sociais mais bem estabelecidas. Em compensação, o eShop vai continuar funcionando da maneira esperada, embora inicialmente a loja vá se focar exclusivamente em games, deixando de lado apps como Netflix e navegadores da internet.

Cupons de desconto TecMundo: