Em uma entrevista concedida ao jornal Nikkei, o presidente da Nintendo, Tatsumi Kimishima, afirmou que a companhia já cogita meios de trazer a realidade virtual ao Switch. Segundo ele, o console será compatível com a tecnologia “de uma forma ou outra”, mas isso só deve acontecer quando ela realmente se tornar cômoda aos consumidores.

Segundo Kimishima, não vai ser possível adicionar recursos do tipo à plataforma enquanto não se chegar a uma solução que permita jogar durante horas seguidas de maneira confortável. A justificativa é a mesma que Shigeru Miayamoto e Reggie Fils-Aime apresentaram em 2016 quando questionados sobre uma possível compatibilidade com a realidade virtual.

Muitos questionam qual seria a viabilidade de um produto do tipo com o Switch, cujo hardware parece estar abaixo dos de seus concorrentes diretos. Levando em consideração as dificuldades que até mesmo o PlayStation 4 tem em trabalhar com conteúdos do tipo, é difícil imaginar a maneira como a Nintendo poderia explorar a área levando em consideração as limitações técnicas de seu novo console.

Cupons de desconto TecMundo: