(Fonte da imagem: Divulgação/Google)

Você já deve saber que os usuários do fórum XDA Developers são verdadeiros aficionados pelos sistemas operacionais portáteis livres. E como estamos falando sobre desenvolvedores, não há nada de surpreendente no fato de que eles vão fundo nos códigos para descobrirem o que precisam sobre sistemas e aparelhos. Mas é a primeira vez que temos alguma notícia sobre a decodificação de números de série.

Isso mesmo, os membros do XDA conseguiram decifrar os números de série dos aparelhos Nexus 4 para descobrir qual é a quantidade de aparelhos que a Google colocou no mercado — uma vez que não há informações oficiais sobre as vendas, mas o aparelho está esgotado na loja oficial Google Play Store. O processo utilizado envolve a análise completa dos números seriais do Nexus 4 e é bem complexo.

Os três primeiros números do código representam mês e ano de fabricação e são seguidos por uma letra, que indica o país de origem — 211C, por exemplo, significa que ele foi montado em novembro de 2012, na China. Depois vêm os números sequências que indicam a quantidade de aparelhos produzidos.

Por que há poucos Nexus 4 no mercado?

Com base nesse processo supracitado, os membros do XDA chegaram à conclusão de que foram produzidos 70 mil aparelhos em outubro, 90 mil em novembro e 210 mil em dezembro. Isso significa que foram colocados apenas 370 mil Nexus 4 no mercado —e que quase todos já foram vendidos, se considerarmos a dificuldade em encontrá-los.

(Fonte da imagem: Divulgação/Google)

Segundo o The Guardian, essa quantidade reduzida de produção possui uma explicação bem lógica. A Google sabe que há uma grande quantidade de consumidores entusiastas do Android, que querem muito ter em mãos o sistema operacional em sua forma mais pura — a linha Nexus não passa por transformações das fabricantes —, por isso é necessário colocar esse tipo de smartphone no mercado.

Ao mesmo tempo, a empresa de Mountain View não quer se indispor com outras fabricantes, por isso não coloca grandes quantidades do aparelho nas prateleiras. Será que ainda teremos mais unidades produzidas ou o Nexus 4 vai mesmo ser um dos smartphones mais limitados já vistos?

Cupons de desconto TecMundo: