(Fonte da imagem: Divulgação/Google)

A justiça norte-americana chegou à conclusão de que o Samsung Galaxy X (Nexus) não pode continuar a ser vendido nos Estados Unidos, pelo menos até que sejam resolvidos alguns problemas com as patentes infringidas pelo smartphone.

Segundo a liminar emitida na semana passada, o Samsung Galaxy Nexus com o Android 4.0 utiliza alguns recursos patenteados pela Apple, por isso deve deixar de ser vendido. Ao contrário do que se imagina, não se trata de uma patente de hardware, mas sim da ferramenta de buscas integrada à Home do Android.

Apesar das constantes disputas judiciais entre Samsung e Apple, quem realmente sai perdendo nesse caso é a Google. A empresa já até tirou os aparelhos Galaxy Nexus da loja virtual Google Play Store. O The Verge tentou entrar em contato com a Google para descobrir se o motivo teria sido realmente a decisão judicial.

(Fonte da imagem: Divulgação/Google)

Não houve qualquer confirmação acerca da informação, mas na Google Play Store já estão sendo anunciados os novos Galaxy Nexus HSPA+ com Android 4.1 Jelly Bean. Segundo várias fontes, a nova versão do Android elimina a infração de patentes da Apple, que seria exclusivamente de software – e não de hardware.

Também já foi revelado que a Google estaria trabalhando rapidamente para lançar uma atualização no Android 4.0 Ice Cream Sandwich utilizado pelo Galaxy Nexus. Com isso, o recurso de pesquisas integrado à página inicial do Android deve ser retirado, e então as vendas poderão ser reiniciadas.

Fontes: The Verge (1 e 2)

Cupons de desconto TecMundo: