Conhecido anteriormente como “Nexus Marlin”, o smartphone que deve ser lançado oficialmente com o nome Google Pixel XL surgiu no banco de dados do Geekbench no último fim de semana. Produzido pela HTC, o novo dispositivo obteve uma pontuação consideravelmente boa no software, mas decepciona um pouco por não ter a última geração da linha Snapdragon.

Segundo os dados revelados pelo benchmark, o gadget deve chegar às lojas com o chipset Snapdragon 820 acompanhado de 4 GB de memória RAM. Isso rendeu a ele 1.593 pontos na medição de desempenho por núcleo único e 4.151 no teste que mede a performance de vários núcleos trabalhando de maneira simultânea.

Benchmark confirma características surgidas em rumores

Apesar de o hardware sem dúvida ser potente, ele pode desapontar um pouco quem esperava a presença do Snapdragon 821 — que, entre suas principais vantagens, traz um desempenho energético mais eficiente. Outras características incluem a já esperada presença do Android 7.0 Nougat e a adoção de um conector USB Tipo C para recarga e transferência de dados.

Entre as características que ainda permanecem um mistério está o sensor fotográfico do aparelho, que deve ser produzido pela Sony. No entanto, as maiores surpresas devem estar reservadas ao software do smartphone, que deve seguir a tradição da linha Nexus de inaugurar alguns recursos interessantes desenvolvidos pela Google.

Cupons de desconto TecMundo: