Está confirmado que o contrato da Netflix com o canal americano Epix não será renovado, o que traz um reflexo no acervo de filmes do canal de streaming – algo que afeta somente o mercado norte-americano.

Em outras palavras, isso quer dizer que títulos da Lionsgate e da MGM, como Jogos Vorazes: Em Chamas e Guerra Mundial Z, serão excluídos em breve do catálogo e não poderão mais ser vistos pelos assinantes do serviço nos Estados Unidos (felizmente, nós brasileiros não precisamos nos preocupar com isso). 

A Netflix está investindo cada vez mais em conteúdos próprios, justamente para aumentar o acervo e ter mais produções para chamar assinantes. Inclusive, o próprio diretor de conteúdo, Ted Sarandos, disse que há programações originais suficientes para manter as pessoas entretidas com as séries (como a recém-lançada Narcos), e que, portanto, os filmes que vão desaparecer do catálogo não farão tanta falta assim ao público.

De acordo com Sarandos, é preciso buscar conteúdos que atraiam novos assinantes, e, por isso, os exclusivos fazem bastante diferença. E aonde os filmes do Epix estão indo? Aparentemente, é muito provável que eles cheguem à plataforma Hulu – o principal concorrente da Netflix e por enquanto sem presença oficial no Brasil.

Por outro lado...

Vale lembrar que a Netflix fez um acordo com a Disney recentemente e que novos filmes da Marvel, da Pixar e da Lucasfilm devem chegar constantemente ao serviço (e, certamente, esse não é um acordo barato de se manter). Por isso, contratos que não sejam tão interessantes à Netflix (como pode ser o caso do Epix) deverão ser desfeitos em benefício de conteúdos com um alcance maior.

Seja como for, parece que as pessoas deverão assinar mais de um tipo de serviço, como o HBO Go, o Hulu e o Amazon Instant Video, se quiserem um catálogo realmente completo. Para ver tudo que entrará de novo na Netflix no mês de setembro, clique aqui

Cupons de desconto TecMundo: