O Netflix é um dos queridinhos da atual geração de consumidores. A plataforma anda fazendo com que muita gente deixe a TV a cabo de lado e curta produções de qualidade através do PC, da televisão ou de apps para todo tipo de dispositivo. Para garantir a fidelidade dos clientes – e atrair novos –, a empresa começou a apostar em conteúdos originais, feitos pelo próprio Netflix ou por parceiros. A primeira leva de investimento foi em seriados da casa, mas, agora, a empreitada envolve filmes. Um dos nomes mais badalados de Hollywood faz parte da novidade: Brad Pitt.

Isso aí, o próximo filme que leva o selo Netflix Originals deve estrelar o ator de filmes como “Seven”, “Os Doze Macacos”, “Entrevista com o Vampiro” e uma série de outros sucessos desde a década de 1990 até os dias de hoje. A produção em questão se chama “War Machine” e aborda de um jeito bem satírico os conflitos iniciados pelos EUA no Afeganistão. Nela, Pitt faz o papel de um general norte-americano “rock star” que precisa lidar com política e imprensa ao mesmo tempo em que precisa comandar uma operação militar impossível na região.

Apesar de parecer meio maluco, o roteiro é baseado em uma figura militar real e no livro “The Operators: The Wild and Terrifying Inside Story of America’s War in Afghanistan”. O longa-metragem, que começa a ser rodado em agosto, está sob os cuidados da Plan B Entertainment – estúdio do próprio astro – com o serviço de streaming abocanhando os direitos de distribuição digitais e também em cinemas. Sim, a ideia do Netflix é emplacar “War Machine” em algumas salas para que seja possível inscrever o filme em premiações no ano que vem.

A estratégia de investir nesse segmento não é novidade, já que a companhia vinha há algum tempo fechando acordos com produtoras de películas menores ou com estúdios independentes para rechear mais sua biblioteca exclusiva. Porém, ao trazer mais um grande artista de Hollywood para seu lado, a chance é que o Netflix impulsione sua divisão de filmes para o mesmo patamar de outras superproduções no seu catálogo de séries, que conta com “House of Cards”, “Marco Polo”, “Demolidor”, “Hemlock Grove” e outros títulos de qualidade.

No fim, parece que a plataforma de streaming quer deixar claro de uma vez por todas que é uma alternativa à altura das indústrias tradicionais de cinema e de TV. Com o rol de produções sob suas asas, não é como se o Netflix precisasse se esforçar tanto para provar esse ponto para o público, mas se a ideia é convencer o mercado e ganhar prestígio, e um filme de ação bem-humorado com Brad Pitt é uma ótima escolha, não é? Afinal, o moço já mostrou que sabe tudo de guerras com “Bastardos Inglórios”, “Corações de Ferro” e “Guerra Mundial Z”. 

Cupons de desconto TecMundo: