Você já possui uma conta no Netflix? Mesmo que não tenha, é bem provável que você já tenha ouvido no serviço — afinal de contas, até mesmo o Sílvio Santos já falou sobre ele em rede nacional. Pois apesar de o mercado brasileiro ainda estar assimilando o pagamento por streaming de conteúdo multimídia, nos Estados Unidos ele já está presente em quase metade dos lares.

Isso mesmo, um novo estudo indica que mais de 40% dos lares norte-americanos possuía pelo menos uma conta ativa em serviços do tipo no final de 2014 — um avanço em relação aos 36% que eram vistos um ano antes —, sendo que o Netflix lidera o mercado, sendo ajudado na conta pelos serviços Hulu Plus, Amazon Prime Instant Video e vários outros similares que estão presentes nos EUA.

Ao mesmo tempo em que Netflix e companhia crescem no mercado, a quantidade de residências com assinaturas em serviços de TV fechada vem diminuindo nos últimos anos. Isso é um reflexo bem evidente do crescimento da popularidade da internet banda larga no país.  Mas é importante deixar bem claro que isso não representa um fim definitivo dos canais fechados.

Ao contrário do que alguns imaginam, os canais fechados não vão deixar de existir no mercado internacional. O que deve acontecer é um movimento diferente, com os mesmos canais sendo levados para os serviços de streaming por demanda. Com isso, consumidores podem ter mais controle sobre o que querem assistir e não depender de pacotes de canais como os vistos hoje. Será que o mesmo vai acontecer no Brasil em breve?

Cupons de desconto TecMundo: