A imagem de baixo é a versão do filme cortada no Netflix brasileiro. (Fonte da imagem: Reprodução/What Netflix Does)

O serviço de filmes por streaming Netflix foi acusado de uma alteração grave nos longa-metragens que disponibiliza em várias partes do mundo. De acordo com o tumblr What Netflix Does, o site corta as bordas dos vídeos para que eles fiquem em uma resolução única em todos os tipos de telas, de todos os tamanhos, modernas ou antigas.

Para provar a denúncia, o site reuniu várias capturas de tela de filmes da Netflix em diversos países e as comparou com a mesma cena extraída do DVD ou de outro serviço. O resultado é impressionante: os cortes, que dão a impressão de que um zoom foi aplicado, são evidentes e eliminam vários detalhes.

A Netflix respondeu sem negar que os cortes existem, mas colocou a culpa nas distribuidoras. Segundo o site, são as responsáveis pelos longa-metragens que enviam o formato que deve ser incluído no catálogo – e, às vezes, esse corte acontece. A empresa disse ainda que denúncias sobre redimensionamento devem ser feitas para que os filmes sejam substituídos pelo formato correto o mais rápido possível.

Em "Bastardos Inglórios", o corte lateral se repete. (Fonte da imagem: Reprodução/What Netflix Does)

Você pode conferir todas as comparações feitas entre as versões clicando aqui. Alguns filmes disponíveis no Brasil estão na lista, como “O Último Grande Herói” e “Duna”.

Cupons de desconto TecMundo: