(Fonte da imagem: Reprodução/Folhapress)

Uma postagem no Facebook, feita pelo diretor executivo Reed Hastings, da Netflix, pode acabar resultando em uma punição para a empresa. Em sua conta pessoal, Hastings postou o seguinte em julho deste ano: “Parabéns ao Ted Sarandos e sua incrível equipe de licenciamento de conteúdo. O Netflix excedeu um bilhão de horas vistas pela primeira vez em junho. Quando ‘House of Cards’ e ‘Arrested Development’ estrearem, nós vamos superar esse recorde”, destacou.

Apesar da mensagem não revelar muita coisa, a Comissão de Títulos e Valores dos Estados Unidos alegou que a mensagem violou os termos de conduta de divulgação pública da agência federal norte-americana. Segundo a legislação dos EUA, qualquer dado relevante referente ao Netflix deve ser divulgado por meio de órgão regulador e à imprensa.

A empresa se defendeu afirmando que a postagem de Hastings, que atingiu mais de 200 mil pessoas, pode ser considerada pública, especialmente pelo fato de muitos assinantes do perfil do executivo serem jornalistas e blogueiros. O caso será analisado nos próximos dias.

Cupons de desconto TecMundo: