Se você não é mais criança, provavelmente lembra como eram a maioria das manhãs: TV ligada e desenhos antes de ir para a escola. Acontece que, segundo o Exstreamist, uma mudança vem se desenvolvendo nesse padrão, com os pais cada vez mais usando a Netflix para reproduzir desenhos e filmes infantis. E a boa notícia é que a plataforma também vem poupando as crianças de mais de 150 horas de comerciais, em média — os adultos? 130 horas.

Isso acontece porque, na programação televisiva, os desenhos são recheados de propagandas e cortes. Por outro lado, na Netflix, o usuário não é interrompido porque paga uma taxa mensal ao contratar o serviço.

O Exstreamist notou em análise que uma criança norte-americana passa, em média, 1,8 hora por dia assistindo conteúdo em serviços de streaming como Netflix, Amazon Prime, Hulu etc. Durante um ano, a conta fecha em 650 horas de consumido de mídia.

Nos canais televisivos, uma propaganda/comercial é exibida a cada 14 minutos, em média. Então, 150 horas anuais de comerciais que são eliminados por plataformas de streaming.

Gráfico do Exstreamist

Ok, agora você pode estar se perguntando: mas o que isso muda na prática? Além de uma experiência de visualização mais agradável, já que a mídia não é interrompida, ao longo do tempo, teremos uma mudança no hábito de consumo dessas crianças — afinal, elas estão sofrendo menos influência da propaganda, certo?

Cupons de desconto TecMundo: