Diariamente, nós, do TecMundo, trazemos notícias dos mais variados tipos sobre o mundo tecnológico. Entretanto, não é muito comum falarmos sobre navios e tecnologias bélicas, já que esses tipos de produtos levam certo tempo para serem desenvolvidos — e você dificilmente encontra notícias sobre rumores de uma embarcação da marinha americana.

Fato é que esse “mundo” está em constante evolução, sendo que inúmeros países realizam uma série de pesquisas e de encomendas para ampliar suas frotas. Muitos desses “navios de guerra” não vão entrar em combate, mas é sempre importante estar preparado, já que, eventualmente, pode acontecer algum conflito.

Hoje, trazemos informações sobre algumas das embarcações com designs mais arrojados da atualidade. Alguns visuais parecem inspirados até mesmo em filmes de ficção científica, aproveitando alguns traços de naves espaciais.

1. USS Zumwalt (DDG 1000)

Ele é gigante, rápido e muito poderoso. Equipado com duas turbinas Rolls-Royce Marine Trent-30 e duas turbinas Rolls-Royce RR4500, esse contratorpedeiro (ele serve para destruir mísseis) tem potência de 78 MW (megawatts) e se desloca a 56 km/h. Pode parecer pouco, mas é uma velocidade considerável se pensarmos que estamos tratando de uma embarcação que tem deslocamento (termo comumente usado para determinar a massa de um navio) de 14.797 toneladas.

A Marinha dos Estados Unidos investiu US$ 3,5 bilhões para a construção do USS Zumwalt, para que ele possa carregar cerca de 80 mísseis (podendo carregar mais, dependendo do modelo utilizado) e transportar até 3 helicópteros do tipo MQ-8 Fire Scout, que são do tipo não-tripulado. Com quase 183 metros de comprimento, este gigante deve desbravar os oceanos em 2015.

2. USS Gerald R. Ford (CVN 78)

Batizado em homenagem ao ex-presidente americano Gerald Rudolph Ford Jr., que também foi tenente-comandante na Marinha dos Estados Unidos, o USS Gerald R. Ford foi lançado em 2009, mas só deve entrar em serviço no ano que vem. O valor total do projeto ultrapassou os US$ 17 bilhões, número justificável se considerarmos o armamento de tecnologia avançada e o sistema de propulsão.

Medindo incríveis 337 metros de comprimento, este porta-aviões tem deslocamento de 101.604 toneladas e pode carregar mais de 75 aeronaves (sim, você leu direito). Mesmo com tamanha quantidade de carga e a massa extraordinária, os dois reatores nucleares do tipo A1B têm poder para fazer a embarcação se deslocar a 56 km/h.

3. USS Coronado (LCS 4)

Ela não é tão grande (tem 127 metros de comprimento), nem carrega muito peso (apesar de que pode transportar até 2 helicópteros), mas sua velocidade é superior — chegando até a 87 km/h — e o armamento é consideravelmente assustador (ele carrega dezenas de mísseis).

A missão do USS Coronado é bem diferente das que citamos anteriormente. Este navio serve para combate litorâneo, sendo útil para navegar em áreas rasas e combater submarinos, minas e outras embarcações na superfície. O USS Coronado (LCS 4) começou suas atividades em abril de 2014.

4. USNS Spearhead (JHSV 1)

A Marinha dos Estados Unidos tem uma série de embarcações para todos os tipos de ocasiões. O USNS Spearhead, por exemplo, é um navio para transporte de tropas e veículos menores. Ele pode transportar até 312 soldados (sendo que há 150 acomodações para viagens mais longas). Para casos de emergência, este navio tem espaço para aterrissagem de helicóptero.

Justamente por carregar menos peso e não necessitar de muito espaço para aviões, este navio não é tão gigante (o comprimento é de “apenas” 103 metros). O deslocamento é de “somente” 1.515 toneladas, mas a redução nas medidas o ajuda a chegar a velocidade de 80 km/h. Por conta de utilizar menos materiais, esse navio custa míseros US$ 214 milhões.

5. HMS Queen Elizabeth (R08)

Os Estados Unidos têm uma frota exemplar, mas o Reino Unido não fica para trás quando o assunto é presença marinha. O HMS Queen Elizabeth (R08) entrou em operação há menos de um mês, mas já foi notícia em muitos locais por conta de seu design ousado e suas especificações exageradas. Até parece uma mistura de nave espacial com navio.

São 65 mil toneladas de deslocamento em uma estrutura que mede 280 metros de comprimento. O HMS Queen Elizabeth é um porta-aviões que pode carregar até 40 aviões. Este navio conta com várias metralhadoras e alcança uma velocidade de até 46 km/h.

6. HMS Defender

Este contratorpedeiro britânico começou a atuar em 2013, impressionando o mundo com seu incrível arsenal e o sistema de propulsão composto por peças da Rolls-Royce, da Wärtsilä e da GE. O armamento dele conta com mísseis antiaéreos, alguns que podem atingir alvos que estejam a até 120 km de distância.

O HMS Defender ainda tem algumas metralhadoras para combates próximos. Ele navega em uma velocidade de até 54 km/h, o que é razoável considerando seu deslocamento de 8 mil toneladas — o comprimento é de 152 metros. Este navio ainda tem espaço para carregar alguns helicópteros e torpedos de grande porte.

7. HMAS Canberra (LHD 02)

Esta embarcação australiana ainda está em construção, mas deve ficar pronta ainda este ano. Voltada exclusivamente para transporte e aterrissagem de helicópteros, esta gigante mede 230 metros de comprimento, sendo que seu hangar tem espaço para acomodar até 18 helicópteros. No deck de veículos, há espaço para guardar até 110 veículos.

O deslocamento é de 27.500 toneladas, o que complica o trabalho para o sistema de propulsão, que, mesmo com equipamento de alta potência, não consegue fazer o navio viajar a mais do que 37 km/h. O armamento não é tão violento (são apenas 6 metralhadoras e alguns canhões automáticos), até porque é um navio para transporte.

8. Type 052D Destroyer

Para finalizar nossa lista temos um navio chinês. Assim como os Estados Unidos, a Marinha da China (também conhecida como Marinha do Exército de Libertação Popular) tem navios de diversos tipos. O Type 052D é um contratorpedeiro que se destaca pelo arsenal preparadíssimo para quaisquer situações (são várias metralhadoras e sensores).

Este navio mede 156 metros de comprimento e tem deslocamento de 7.500 toneladas. É claro que há um espaço para pouso de helicóptero, dando uma utilidade adicional à embarcação. O Type 052D (de codinome Kunming) entrou em operação em março de 2014.

É claro que esses são apenas alguns dos tantos navios mais modernos que existem. Há diversos países que possuem outros modelos gigantescos e recheados de segredos. Muitas dessas embarcações jamais são utilizadas realmente para combate, mas todas estão sempre bem preparadas. Qual é sua favorita? Conhece algum outro gigante do mar?