A NASA está desenvolvendo partes de foguetes com impressoras 3D, e isso porque a tecnologia atual já permite imprimir criações resistentes e baratas o suficiente. Como prova, você vai assistir a um vídeo no qual um motor de foguete gera 20 mil libras de pressão.

De acordo com a Agência, 75% dos componentes do motor foram feitos por uma impressora 3D. A resistência das peças é claro quando vemos o combustível queimar a mais de 3 mil graus Celsius.

Segundo a NASA, são vários os benefícios ao imprimir componentes em 3D: é fácil criar formas complexas por meio de processos laser e também permite que os engenheiros utilizem menos peças e economizem.

"Ao testar todas os componentes juntos, nós mostramos que seria possível utilizar motores impressos em 3D em sondas, propulsores e até foguetes espaciais", comentou a Agência em relato para imprensa.

O que você da utilização de impressoras 3D em peças mecânicas? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: