Um dos propulsores auxiliares do foguete que levará o homem a Marte foi testado na última quarta-feira (11). O Space Launch System (SLS) queimou durante 2 minutos e não apresentou falha alguma (assista ao vídeo acima). Os 120 segundos corridos correspondem ao tempo de funcionamento previsto para a decolagem oficial rumo ao Planeta Vermelho.

Desenvolvidos em associação com a Orbital ATK, dois propulsores serão responsáveis por gerar 75% do empuxo necessário para fazer com que a nave Orion se livre do campo gravitacional terrestre. Para que o SLS não escapasse deserto adentro, o foguete foi acoplado a uma estrutura capaz de segurar o peso equivalente a mais de 1,6 milhão de kg de “impulso”.

A segunda etapa das avaliações está prevista para 2016. Depois disso, o primeiro teste de voo do SLS junto da nave Orion será então realizado. Em um primeiro momento, o total de 77 toneladas deverá ser “levantado” pelo sistema; uma vez atualizado, o conjunto poderá carregar até 143 toneladas – o que pode favorecer outras futuras missões pelo Sistema Solar.

Cupons de desconto TecMundo: