(Fonte da imagem: Reprodução/NASA)

Você já ouviu falar em Mae Jemison? Ela foi a primeira mulher negra a viajar pelo espaço, quando era astronauta da NASA, em 1992. Agora, quer ser pioneira mais uma vez. Fazendo parte de um projeto para enviar o ser humano para além do sistema solar, ela e seus companheiros (Dorothy Jemison Foundation for Excellence) vão criar um plano para deixar coletar informações no espaço por 100 anos.

A NASA e a DARPA estão investindo 500 mil dólares para que os membros da Dorothy Jemison Foundation for Excellence possam se dedicar em tempo integral aos projetos. Se conseguirem bons resultados, em algumas décadas será possível que a nave responsável pela exploração do universo seja lançada. E você não entendeu errado, serão realmente 100 anos de voo ininterrupto.

Esta será a primeira ação deste tipo da NASA. O sistema vai demandar várias gerações de cientistas dedicados a analisar as informações obtidas pela nave, que não será tripulada. Segundo o Daily Mail, além da equipe Dorothy Jemison Foundation for Excellence, o grupo Icarus Interstellar e a Foundation for Enterprise Development também fazem parte das pesquisas.

Cupons de desconto TecMundo: