NASA (agência espacial dos Estados Unidos) divulgou os projetos para a criação de um novo programa de exploração espacial, o Space Launch System. Se colocado em prática da maneira como está programado, o foguete construído pode ser o maior já montado pelo homem, com quase 100 metros de extensão.

Segundo a própria NASA, a primeira versão do foguete poderá levar cerca de 77 toneladas de materiais para camadas da baixa órbita terrestre. Boa parte da tecnologia utilizada seria importada de períodos mais antigos dos programas espaciais, porque o governo norte-americano cortou 9% do orçamento da agência. 

Com tanto peso, seria necessário utilizar mais de um motor para levar o Space Launch System até o espaço. São dois propulsores, aliados a cinco motores de hidrogênio/oxigênio dos ônibus espaciais. No segundo estágio, a propulsão seria baseada no motor J-2X (o mesmo utilizado pelos foguetes que levaram o homem à Lua nos anos 60 e 70).

(Fonte da imagem: reprodução / NASA)

Estima-se que até 2017 cerca de 18 bilhões de dólares sejam gastos no projeto. A data não é aleatória: neste ano, deve ser realizado o primeiro lançamento sem pessoas. Apenas quatro anos depois será realizado o lançamento tripulado. Até 2025, a NASA pretende expandir a capacidade de carga do foguete para 130 toneladas, o que vai transformá-lo no maior foguete já criado.

Cupons de desconto TecMundo: