Além de anunciar novos smartphones na MWC 2017 – com destaque para o Xperia XZ Premium –, a Sony acaba de revelar uma nova parceria um tanto quanto inusitada. Durante a conferência da Jolla, uma empresa finlandesa fundada por ex-funcionários da Nokia, os executivos da companhia japonesa confirmaram que estão planejando abandonar o Android em alguns smartphones Xperia.

A aposta seria o Sailfish OS, sistema operacional móvel desenvolvido por essa tal de Jolla. Da mesma forma que o sistema operacional da Google, esse SO também é baseado em código aberto com o kernel Linux. E se engana quem pensa que esse é um plano que está longe de ser concretizado.

Durante a própria MWC 2017, as duas empresas apresentaram o Xperia X, o primeiro dispositivo a suportar o Sailfish OS. É lógico que esse ainda é um protótipo, mas mostra o comprometimento da Sony e da Jolla de quebrar a dualidade existente entre Android e iOS.

Cara de Android?

Analisando a cara do sistema operacional, especialmente a imagem acima, tenho a impressão de que a inspiração é o Android. Muito embora seja difícil inovar no segmento de SOs para dispositivos móveis, a disposição dos aplicativos na tela lembra muito o que vemos na bandeja de apps do robozinho verde.

É lógico que ainda é cedo para tirar conclusões. Ainda não conhecemos as outras interfaces do Sailfish OS, como o menu de configurações e a própria tela inicial. Vamos atualizar vocês em breve com mais informações. Enquanto isso, que tal contar para a gente o que você achou dessa parceria inusitada da Sony. Acha que abandonar o Android no futuro pode ser uma boa ideia?

Cupons de desconto TecMundo: