Além do seu Sense ID que já estará integrado às próximas unidades do Snapdragon 810, a Qualcomm apresentou em sua conferência outra novidade interessante para seus processadores futuros. Estamos falando da plataforma para computação contextual Zeroth, que deve deixar smartphones ainda mais inteligentes.

Essa novidade será integrada ao próximo chip top de linha da fabricante, o Snapdragon 820. Dispositivos que utilizarem a tecnologia poderão perceber o mundo ao seu redor e aprender com algumas características do usuário. Dessa maneira, eles conseguirão prever certas ações e facilitar a interação em determinadas situações.

Por exemplo, o Zeroth conseguirá controlar o direcionamento de som de um aparelho dependendo das condições do ambiente em que se encontra e de como o usuário está olhando para a tela. Sempre que a pessoa se mover, o aparelho personaliza o áudio para que a experiência sonora seja mais satisfatória.

Praticidade 

Isso deve valer também para luminosidade de tela e para outras funções ainda mais interessantes, como a possibilidade de fazer a câmera de um smartphone reconhecer formas e pessoas específicas.

A Qualcomm chegou a demostrar a câmera de um aparelho com Zeroth percebendo a forma de um relógio, mas a plataforma conseguirá identificar pessoas e marcá-las com seus nomes direto na foto, algo similar ao que já acontece quando você envia uma imagem para o Facebook, só que direto no app de câmera do seu dispositivo.

Celulares e carros

Essas funcionalidades, segundo a fabricante de chips, podem ser integradas também em futuros carros, mas tudo vai depender das personalizações que as fabricantes de aparelhos mobile e veículos realizarem em seus dispositivos.

Espera-se que as primeiras amostras do chip comecem a chegar às empresas parceiras na segunda metade deste ano. Dessa forma, smartphones com Snapdragon 820 devem ser lançados já no começo ou na metade de 2016.

Cupons de desconto TecMundo: