Conhecida principalmente entre os adeptos dos antivírus gratuitos, a AVG também parece disposta a investir no campo da privacidade. Durante o Mobile World Congress 2015, a companhia está exibindo óculos conceituais que prometem tornar seus usuários imunes a softwares de reconhecimento facial.

O funcionamento do dispositivo é baseado em uma série de LEDS infravermelhos localizados próximos aos olhos e nariz de quem o utiliza. Visíveis somente a câmeras digitais, eles tornam difícil identificar essas áreas que são cruciais para programas especializados em identificar pessoas a partir de seus rostos.

Os óculos da AVG também são recobertos por uma camada de material retrorreflexivo, que faz com que a luz emitida pelo flash de uma câmera volte a ela — o que resulta em imagens com exposição excessiva. Embora os óculos não escondam o corpo de seus usuários, eles devem ajudar a disfarçá-los em meio a ambientes públicos.

O produto mostrado pela empresa durante o MWC 2015 é somente um protótipo e não há indícios de que ele vá ganhar uma versão comercial em um futuro próximo. Segundo a companhia, o dispositivo se trata somente de um entre vários experimentos que tentam redefinir a privacidade em uma era de conectividade e vigilância permanentes.

Cupons de desconto TecMundo: