Um especialista envolvido com a indústria fonográfica tem previsões pouco animadoras para quem não gosta de pagar por conteúdo digital. Bob Lefsetz é um crítico e analista da indústria da música dos Estados Unidos e ele garante que os conceitos de streaming que temos hoje deverão ser mudados em breve. Em um novo post publicado neste final de semana, ele afirma que o streaming grátis está com os dias contados.

Isso mesmo, Lefsetz afirma que em breve os serviços só terão versões pagas para os consumidores — e isso inclui Spotify e YouTube. Nos últimos anos, o streaming fez com que a indústria perdesse muito dinheiro em vendas de músicas, mas a entrada de dinheiro não pode parar. E há também chances de que isso não sofra com a pirataria, pois Lefsetz afirma que a prevenção contra isso vem sendo feita há algum tempo — com arquivos digitais menos corruptíveis.

O analista diz: “Se nos livramos de CDs e arquivos. Alugamos um produto evanescente. Não há nada ali! Enquanto houver CDs e arquivos no iTunes, a pirataria vai reinar! (...) Todo mundo vai assinar por serviços pagos? Certamente não se houver arquivos para transferir. Mas se eles não existirem? Quem vai capturar e transmitir? É possível, mas é difícil. A conveniência argumenta pelo pagamento.”.

Cupons de desconto TecMundo: