Curtir jogos diretamente na janela do navegador é algo que se torna cada vez mais comum e prático nos dias de hoje. Com títulos de qualidade sendo disponibilizados para essa plataforma, é bastante natural que os recursos e funcionalidades evoluam progressivamente para acompanhar as necessidades da indústria e do público. Assim, a Mozilla anunciou que alguns dos seus esforços nesse sentido acabaram de ser reconhecidos e ganharam um parceiro de peso com o suporte completo à ferramenta WebGL por parte da Unity.

Trabalhando há cerca de seis meses com uma versão preview da extensão, a empresa dona de uma das engines mais difundidas e flexíveis do mercado removeu completamente esse selo de testes na versão 5.3 do seu software e agora permite que desenvolvedores e outros browser possam criar títulos diretamente com a tecnologia criada pela Mozilla. “Queremos atualizá-los a respeito do empenho da companhia em viabilizar a jogatina online” explicou Andre Vrignaud em uma postagem no blog da fundação.

Ele lembra que, nesse período, recursos como WebGL e asm.js foram refinados e a qualidade gráfica dos jogos está sendo melhorada cada vez mais, fazendo com que navegadores concorrentes por toda a internet abracem esses itens. A função JavaScript, por exemplo, foi adotada por padrão pelo Edge, da Microsoft, enquanto o poderoso Google Chrome colocou a mesma funcionalidade sob suas asas – assim como o Safari, da Apple. O Unity WebGL, por sua vez, já pode ser rodado tranquilamente por todos esses programas e, claro, pelo Firefox.

Mudando o cenário

Esse movimento de apoio aos games parece estar gerando uma boa leva de resultados positivos para o segmento. Vincent Vergonjeanne, CEO da EVERYDAYiPLAY, por exemplo, explicou que a chance de produzir para a plataforma pode impactar diretamente nos negócios e que isso foi sentido na pele com seu Heroes of Paragon. “Lançamos a versão mobile do jogo simultaneamente e estamos felizes de dizer que nossos dados iniciais de lançamento mostram que a versão web está superando tanto a de iOS quanto a de Android”, relatou o executivo.

Por parte da Mozilla, a brincadeira não para por aí, já que a empresa está trabalhando em outros elementos ainda mais avançados  que devem permitir a produção de título e experiências únicas no desktop. Tecnologias como WebAssembly, WebGL 2, SharedArrayBuffer e SIMD são apenas alguns dos recursos planejados pela companhia para o futuro breve da jogatina online em browsers.

Você curte experimentar games diretamente no seu navegador? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: