Se alguém aí no fundo ainda tinha dúvidas de que a Motorola se daria bem no Brasil ao lançar ótimos aparelhos com preços baixíssimos – como o Moto G e o Moto E –, uma reportagem publicada recentemente no Wall Street Journal finalmente fará essa pessoa mudar de ideia.

De acordo com o jornal estrangeiro, a companhia acaba de ultrapassar a LG e se consagrar como a segunda maior fabricante de smartphones do Brasil, ficando atrás somente da Samsung. A matéria afirma que a participação da Motorola no mercado brasileiro de telefones celulares subiu para 18% no ano de 2014, praticamente o dobro da quota alcançada em 2013.

É certo que a grande responsável por esse sucesso vertiginoso da empresa é a sua estratégia comercial um tanto agressiva, baseada no lançamento de aparelhos que combinam hardware atraente com preços mais do que justos (além de, claro, um software bem mais “limpo” do que os dos concorrentes). Já a Samsung pode começar a ficar um pouco preocupada com sua participação no Brasil: seu marketshare caiu de 51% para 43% no último ano, uma baixa significativa e que definitivamente deve ser vista como uma ameaça à sua soberania.

Cupons de desconto TecMundo: