A Motorola acabou de alterar os preços de um aparelho que faz sucesso entre os brasileiros: o Moto G. A terceira geração, que agora conta com mais opções de configurações, já teve o preço reajustado em agosto deste ano. Na época, ela havia ficado 6% mais caro.

Se você tinha os exatos R$ 899 para comprar o modelo básico do Moto G, com 1 GB de RAM de 8 GB de armazenamento interno, pode ir quebrar o porquinho. Ele agora custa nada mais nada menos que R$ 1 mil. Quer ficar mais triste? Saiba que a versão top de linha, quando foi lançada, custava apenas R$ 979. Hoje, ela bateu a marca de R$ 1.129.

Os motivos para o aumento podem ser muitos, mas a ação deve dar vantagem para outras empresas que estão chegando e atuando com cada vez mais força no Brasil, como a Xiaomi e a Asus. Ambas estão oferecendo aparelhos com hardwares decentes ou ótimos por preços condizentes, como o Redmi 2 e os smartphones da linha Zenfone — o Quantum Go também é uma boa opção, veja a análise aqui.

Novos preços

O modelo base do Moto G 2015 custava R$ 849 no lançamento. Depois, teve o preço alterado para R$ 899 e agora custa R$ 999. São R$ 150 de aumento no total.

Já o modelo de 16 GB de armazenamento custava R$ 899. Ele saltou para R$ 949 e agora é comprado por R$ 1.039, um aumento de R$ 140.

Para os interessados no modelo de 16 GB com TV digital, o valor inicial era de R$ 959. Em agosto, foi para R$ 979 e agora é vendido por R$ 1.079. R$ 120 de aumento.

O Moto G 2015 top de linha oferece 16 GB de armazenamento e 2 GB de RAM. Como citamos anteriormente, ele custava R$ 979. Pulou para R$ 1.029 e agora está R$ 1.129.

O que você acha do aumento no preço do Moto G? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: