Piloto automático da Tesla completa um ano sem acidentes, diz Musk

1 min de leitura
Imagem de: Piloto automático da Tesla completa um ano sem acidentes, diz Musk
Imagem: Tesla
Avatar do autor

O sistema de pilotagem autônoma da Tesla, conhecido Full Self-Driving, já está há cerca de um ano em fase Beta, com cada vez mais pessoas testando o serviço. E, de acordo com o CEO da montadora, Elon Musk, nesse tempo todo nenhum acidente em que a culpa é da plataforma foi registrado.

Segundo a própria companhia, a direção autônoma é testada nos níveis atuais por "motoristas comportados", o que significa que apenas condutores mais responsáveis e prudentes acabaram recebendo a atualização. Em março de 2021, uma nova leva de condutores recebeu a novidade e, nos meses seguintes, outros grupos foram contemplados.

Entretanto, o sistema ainda é bastante criticado — estudos indicam que ele "distrai motoristas", que ficam menos atentos ao trânsito por causa da plataforma.

Além disso, o Administração Nacional de Segurança de Tráfego Rodoviário dos EUA (NHTSA) abriu uma investigação no país para verificar se uma série de colisões com veículos de emergência estacionados foi ou não uma falha da máquina. Outros processos de acidentes que supostamente foram causados pela plataforma ainda estão em processo de conclusão.