Startup Halo testa carros autônomos com 5G e 'motoristas remotos'

1 min de leitura
Imagem de: Startup Halo testa carros autônomos com 5G e 'motoristas remotos'
Imagem: T-Mobile/Reprodução
Avatar do autor

A startup de carros Halo anunciou o lançamento de um serviço de compartilhamento de veículos elétricos sem motoristas em Las Vegas. Apesar de não ter um condutor ao volante, os automóveis serão dirigidos a distância por um motorista, utilizando uma conexão 5G oferecida pela T-Mobile.

A empresa combina operações remotas e direção humana para atrair um nicho de mercado que é resistente quanto a utilização dos carros autônomos. De acordo com um estudo divulgado em junho pela Lynx Software Technologies, 80% dos americanos confiam em um motorista humano em vez de uma Inteligência Artificial (IA).

Com a operação do serviço da Halo, as ações dos condutores humanos serão utilizadas pelo sistema de IA para aprender e melhorar a direção sem motorista dos veículos, garantindo automação de certas tarefas ao longo do tempo.

Tecnologia embarcada

Parece videogame, mas é o sistema de direção remota do serviço da Halo. (Fonte: Halo/T-Mobile/Reprodução)Parece videogame, mas é o sistema de direção remota do serviço da Halo. (Fonte: Halo/T-Mobile/Reprodução)Fonte:  Halo/T-Mobile/Reprodução 

Uma frota de veículos elétricos Kia Niro foi modificada para abrigar um sistema de nove câmeras que transmitem as imagens para o condutor remoto. Os carros contam também com mecanismos de segurança próprios de veículos autônomos, como radar e sensores ultrassônicos de backup, que permitem ao carro frear repentinamente em caso de emergência.

O acesso por controle remoto requer conectividade com latência mínima, já que atrasos podem ser catastróficos quando o operador remoto realizando manobras no tráfego congestionado de uma grande cidade, por exemplo. Por isso, a tecnologia 5G implantada nos automóveis foi desenvolvida exclusivamente pela T-Mobile para a Halo.

Como funcionará o serviço da Halo

O serviço de compartilhamento de veículos da Halo será bem semelhante a outros aplicativos como Uber, 99, Cabify, entre outros. A diferença é que, após solicitar uma viagem utilizando o celular, o passageiro receberá um automóvel sem o motorista. Assim que o trajeto for percorrido, o carro retornará a uma garagem.

O serviço deve está disponível ao público ainda este ano, mas os veículos já circulam em fase de testes pelas ruas de Las Vegas. O preço da corrida ainda não foi definido, mas terá de ser competitivo com os outros aplicativos de compartilhamento de carros.