Bicicleta elétrica Cowboy C4 traz potência e estilo

1 min de leitura
Imagem de: Bicicleta elétrica Cowboy C4 traz potência e estilo
Imagem: Cowboy
Avatar do autor

A Cowboy, fabricante belga de bicicletas elétricas famosas pelo design, recursos tecnológicos e preço, está anunciando para 2021 a sua quarta geração de e-bikes assistidas por pedal, com o lançamento de dois modelos: a Cowboy 4, que é um upgrade da C3 do ano passado, e a Cowboy 4 ST, que é a primeira versão com quadro step-through da empresa.

Os dois modelos trazem um novo trem de força que promete 50% a mais de torque do que o modelo do ano passado, além de um suporte frontal Quad Lock para transporte do seu smartphone enquanto você conduz. Há ainda uma série de novos ajustes para “acelerar e liderar” conforme o CEO da Cowboy, Adrien Roose, em comunicado à imprensa.

Da mesma forma que os modelos anteriores da startup, as novas C4 oferecem um tipo único de potência, sem acelerador e sem marchas extras. Ambas possuem um sensor de torque que ajusta de forma automática a entrega de potência segundo a demanda, o que resulta em pedaladas mais naturais na estrada.

Características dos dois modelos C4 da Cowboy

Cowboy 4 ST (Fonte: Cowboy/Divulgação)Cowboy 4 ST (Fonte: Cowboy/Divulgação)Fonte:  Cowboy 

Segundo o site The Verge, que rodou as versões finais de pré-produção da Cowboy C4 e da C4 ST, as e-bikes de quarta geração apresentam um motor no cubo traseiro de 250 W que leva os pilotos, de forma silenciosa, a uma velocidade máxima de 25 km/h. A elevação de torque, de 30 Nm para 45 Nm, é perceptível, ao tornar a pedalada mais suave nas subidas.

A C4 ST tem um selim mais baixo e punhos mais altos, colocando o piloto em posição vertical. É um modelo adequado para pilotos de estatura mais baixa, a partir de 1,6 metro de altura, e, embora não seja especificamente direcionado ao público feminino, é provável que seja mais atraente para mulheres pelo conforto que proporciona.

O preço da C4 e da C4 ST é  de € 2.290, o equivalente a R$ 14,6 mil.