Tesla Model 3 é salvo de engavetamento por frenagem automática

1 min de leitura
Imagem de: Tesla Model 3 é salvo de engavetamento por frenagem automática
Imagem: Twitter/Ray4Tesla
Avatar do autor

Rumores sobre falhas nos freios dos carros elétricos da Tesla tomaram conta das redes sociais chinesas nos últimos dias, principalmente após a proprietária de um Model 3 protestar durante o Salão do Automóvel de Xangai, no último dia 19 de abril. Mas um vídeo postado no Twitter nessa terça-feira (4) mostra o sistema de frenagem funcionando e evitando um acidente.

Na gravação, feita durante a noite chuvosa na cidade de Shenzhen, na China, um Tesla Model 3 escapa de se envolver em um engavetamento de quatro carros logo à sua frente após os freios do sedã serem acionados pelo piloto automático, parando-o a uma distância mínima do quarto veículo acidentado.

A câmera traseira instalada no modelo fabricado pela montadora de Elon Musk exibe ainda ele escapando de ser atingido por um automóvel que vinha atrás, um Lexus, cujos freios também funcionaram bem na pista molhada, fazendo-o parar a alguns centímetros de distância do Tesla. Veja no vídeo abaixo:

Segundo o Teslarati, o proprietário do Model 3 notou que os freios já estavam sendo acionados pelo sistema Autopilot mesmo antes de ele tocar os pés no pedal, destacando o funcionamento correto da frenagem e também dos recursos de segurança do modo de condução automática.

Tesla responde às reclamações

Depois do protesto realizado no Salão do Automóvel na China, a montadora americana se pronunciou, dizendo que a manifestante era dona de um veículo envolvido em um acidente ocorrido no início deste ano.

De acordo com a motorista, a colisão com o outro automóvel ocorreu após uma falha nos freios do seu carro. No entanto, a polícia indicou que a causa da batida foi relacionada a direção imprudente.

A fabricante se desculpou por ainda não ter resolvido o problema envolvendo a proprietária e informou que vai criar uma “equipe de tratamento especial” dedicada a solucionar o caso. Ela também confirmou estar contribuindo com as investigações.