Cabify deixa o Brasil em junho

1 min de leitura
Imagem de: Cabify deixa o Brasil em junho
Imagem: Divulgação
Avatar do autor

O Cabify, aplicativo privado de mobilidade, deixará de operar no Brasil no dia 14 de junho. A empresa ressalta que os usuários poderão continuar utilizando o app até a data e que o serviço continuará em outras cidades e países da América Latina e na Espanha.

Cabify fora do BrasilMensagem enviada para os usuários do Cabify (Imagem: TecMundo)

Como funcionava

O app é semelhante aos outros serviços de transporte, como Uber e 99. A diferença, segundo eles, estava na maior transparência para o usuário e por ser mais criterioso para contratar novos motoristas. Os clientes também ressaltavam que os veículos eram mais sofisticados e os motoristas mais capacitados para o serviço.

O aplicativo está disponível em Belo Horizonte, Brasília, Campinas, Curitiba, Porto Alegre, Rio de Janeiro, Santos e São Paulo. No exterior, o Cabify opera no México, Uruguai, Espanha, Peru, Chile, Colômbia, Equador, Panamá, República Dominicana e Argentina.

Mudanças

Em 2019, a empresa passou por uma integração com o outro serviço de veículo particular Easy Taxi. Com a mudança, o app tinha o objetivo de aumentar a área de atuação no Brasil de oito para 47 cidades. Além disso, em 2020, a empresa investiu R$ 20 milhões para aumentar sua parte no mercado brasileiro.

Cabify deixa o Brasil em junho