Daimler inaugura Ilha Elétrica para carregamento de caminhões

1 min de leitura
Imagem de: Daimler inaugura Ilha Elétrica para carregamento de caminhões
Imagem: Daimler Trucks North America
Avatar do autor

A fábrica de caminhões Daimler Trucks North America (DTNA) e a empresa pública de eletricidade Portland General Electric (PGE) inauguraram em conjunto, na quarta-feira (21), a sua esperada “Ilha Elétrica”, o primeiro local do mundo para carregamento de caminhões elétricos pesados,

Anunciada em dezembro passado, a instalação fica na Ilha Swan no rio Willamette, na cidade de Oregon, nos EUA. Projetada para acelerar o desenvolvimento, testes e implantação de veículos comerciais zero emissões, a Ilha Elétrica oferece oito estações de recarga de veículos para carros elétricos, ônibus, vans e caminhões semirreboque.

A maioria desses carregadores (que podem chegar a 350 kW), fornecidos por vários fabricantes, está aberta ao público. O local fica a apenas 7,2 km do centro de Portland e está localizado exatamente do outro lado da rua da sede da DTNA.

Fonte: Daimler Trucks North America/DivulgaçãoFonte: Daimler Trucks North America/DivulgaçãoFonte:  Daimler Trucks North America 

O futuro da Ilha Elétrica

O foco da Ilha Elétrica é atender especificamente caminhões médios e pesados alinhados ao chamado West Coast Clean Transit Corridor Initiative (WCCTCI), um acordo de colaboração firmado entre nove concessionárias de energia elétrica e duas agências governamentais, que propõe eletrificar 2,1 mil quilômetros da Interestadual 5, estrada que liga o estado de Oregon ao Canadá.

Além de ser um local construído para fornecer carga imediata para qualquer tipo de veículo elétrico, a "ilha" permitirá, segundo um comunicado, “que a PGE e o DTNA estudem a gestão de energia, uso e desempenho do carregador e, no caso da DTNA, o seu próprio desempenho de carregamento dos veículos".

Com capacidade total de até 5 MW, o ponto da Ilha Elétrica foi delineado para ser flexível, permitindo que os atuais carregadores possam ser substituídos por futuras tecnologias, inclusive os sistemas de carga 1+MW ainda não lançados comercialmente.

Mas os planos não param por aí: há projetos adicionais para um futuro armazenamento de energia no local, geração de energia solar e uma espécie de shopping para venda de produtos e tecnologia.

Daimler inaugura Ilha Elétrica para carregamento de caminhões