iFood vai ajudar entregadores a comprarem motos elétricas

1 min de leitura
Imagem de: iFood vai ajudar entregadores a comprarem motos elétricas
Imagem: iFood/Reprodução
Avatar do autor

O iFood anunciou nesta quinta-feira (25) o investimento em novas soluções de sustentabilidade para os próximos cinco anos. Um dos compromissos assumidos é aumentar o uso de veículos elétricos entre os entregadores, chegando a pelo menos 50% das entregas feitas por modelos não poluentes até 2025.

A foodtech firmou parceria com a montadora Voltz, especializada em motos elétricas, e dará início a um projeto piloto em abril. Nesta etapa, 30 motocicletas eletrificadas serão testadas por entregadores, permitindo a eles conhecer melhor a tecnologia.

Segundo a companhia, a expectativa é chegar a 10 mil motos elétricas nos próximos 12 meses, aproveitando a expansão da capacidade de produção da parceira, que abrirá uma fábrica no polo industrial de Manaus, onde conseguirá fazer 100 mil unidades até o final de 2022.

As motos da Voltz serão utilizadas pelos entregadores.As motos da Voltz serão utilizadas pelos entregadores.Fonte:  Voltz/Reprodução 

A iniciativa deve incluir ainda uma linha especial de crédito que deverá ser disponibilizada por bancos parceiros aos entregadores do iFood, facilitando a compra dos veículos sustentáveis, de acordo com o vice-presidente de Pessoas e Soluções Sustentáveis da empresa Gustavo Vitti.

Outras ações

Querendo se tornar um “delivery sustentável”, a foodtech anunciou outras medidas, como a redução do uso de plástico, por meio da expansão da função que oferece ao cliente a opção de recusar o recebimento de itens feitos de plástico no app. Até o final de abril, todos os restaurantes cadastrados poderão aderir a ela.

O projeto iFood Regenera, que tem o objetivo de neutralizar a emissão de carbono da companhia até 2025, inclui ainda o incentivo à oferta de embalagens sustentáveis pelos restaurantes e o investimento em cooperativas de reciclagem nas cidades de São Paulo (SP), Campinas (SP) e Salvador (BA).

No ano passado, a empresa lançou um sistema de aluguel de bicicletas elétricas para entregadores em São Paulo e no Rio, que agora deve ser ampliado para outras cidades.

iFood vai ajudar entregadores a comprarem motos elétricas