Tesla remove motoristas desatentos de testes com piloto automático

1 min de leitura
Imagem de: Tesla remove motoristas desatentos de testes com piloto automático
Imagem: Tesla
Avatar do autor

A montadora Tesla segue com os testes para implementação do Autopilot, o sistema de autonomia para alguns dos veículos da empresa. Só que, ao mesmo tempo em que ela expande o Beta da plataforma para cada vez mais cliente, ela também teve que retirar alguns dos motoristas dos testes.

A informação foi compartilhada pelo CEO da Tesla, Elon Musk, em uma conversa no Twitter. Segundo o empresário, cerca de 2 mil motoristas receberam a chance de experimentar a plataforma de piloto automático da marca, de acordo com a disponibilidade e aprovações burocráticas na região.

Só que alguns motoristas fizeram o caminho inverso e foram removidos da plataforma Beta. O motivo, de acordo com Musk, foi que eles "não prestaram atenção suficiente na estrada". Mais detalhes não foram dados, mas é possível que as pessoas estivessem deixando o controle totalmente nas mãos do automóvel, ignorando totalmente o tráfego.

Esse é um pré-requisito importante, tanto porque o sistema ainda está em fase de testes quanto por segurança, já que o atual nível de autonomia atingido não permite que os ocupantes do automóvel deixem o volante de lado e não se preocupem em ter que eventualmente retomar a direção.

Ainda de acordo com o executivo, felizmente, nenhum acidente foi registrado. Os próximos testes do Autopilot começam em abril de 2021 e vão envolver um sistema de pilotagem que não utiliza radares, somente a visão do veículo baseada em câmeras, sensores e Inteligência Artificial.

Fontes