Fusão entre Fiat e Peugeot-Citroën cria gigante 'Stellantis'

1 min de leitura
Imagem de: Fusão entre Fiat e Peugeot-Citroën cria gigante 'Stellantis'
Imagem: Electrive/Reprodução
Avatar do autor

O ano de 2021 começou agitado no mercado automobilístico mundial, com o anúncio da fusão entre a Fiat Chrysler (FCA) e a Peugeot-Citroën (PSA), nesta segunda-feira (4), após a aprovação dos acionistas. O negócio, iniciado em 2019, levará à criação de uma nova gigante do setor, liderada pelo empresário português Carlos Tavares, atual CEO do grupo francês.

A união das companhias ítalo-americana e francesa resultará na criação da Stellantis, cujo nome significa algo como “brilhar com as estrelas”. Ela terá sede em Amsterdã (Holanda) e ações negociadas nas bolsas de Nova York, Paris e Milão a partir do próximo dia 18. O valor de mercado da nova montadora é de US$ 62,7 bilhões.

A principal proposta da aliança é fortalecer a presença das marcas em mercados nos quais elas têm pouca participação, focando em eletrificação, conectividade e direção autônoma, investindo em todos os segmentos (de comerciais leves a SUVs, modelos de luxo e picapes).

Juntas, as 14 marcas pertencentes aos dois grupos colocam a Stellantis como a quarta maior montadora do mundo, com mais de 400 mil funcionários. Entre as marcas estão grandes nomes do mercado, como Alfa Romeo, Jeep, Dodge, RAM, Maserati, Lancia, Opel, DS e Vauxhall, além das já citadas Fiat, Chrysler, Peugeot e Citroën.

O logo da nova montadora já foi revelado.O logo da nova montadora já foi revelado.Fonte:  FCA/Divulgação 

É possível que a fusão leve ao encerramento de algumas destas marcas, mesmo que as duas companhias tenham anunciado a intenção de não fechar nenhuma fábrica, inicialmente. Algumas das mais cotadas para ficarem pelo caminho são a Lancia e a Chrysler, devido à baixa oferta de carros, conforme relata o ArsTechnica.

Redução de custos e maior presença global

Uma das propostas da fusão entre Fiat e PSA é gerar a economia anual de € 5 bilhões por meio de cooperação, redução de custos que será alcançada em até quatro anos após a efetivação do negócio. O acordo prevê ainda um maior ganho tecnológico e grandes avanços nas plataformas de produção de carros.

News de tecnologia e negócios Deixei seu email aqui, e welcome to the Jungle.
Fusão entre Fiat e Peugeot-Citroën cria gigante 'Stellantis'