Novo Toyota Mirai terá autonomia de 650 km com hidrogênio

1 min de leitura
Imagem de: Novo Toyota Mirai terá autonomia de 650 km com hidrogênio
Imagem: Toyota/Divulgação
Avatar do autor

A segunda geração do Toyota Mirai será lançada no Japão em dezembro, trazendo visual mais esportivo, tração traseira e maior espaço interno, entre diversas outras novidades. O sedã com célula de combustível de hidrogênio também ganhou uma autonomia 30% maior.

De acordo com a montadora japonesa, o novo Mirai traz um motor menor e 10% mais potente que o da primeira geração, entregando 174 cv. A diminuição no tamanho possibilitou a instalação de um tanque de hidrogênio maior, ligado a outros dois mais compactos, aumentando a capacidade de combustível para 5,6 kg.

Com essas mudanças, o carro pode rodar aproximadamente 650 km com um tanque de hidrogênio, enquanto a versão inicial, lançada em 2014, apresentava autonomia de 500 km. Algo que também melhorou foi a capacidade de filtrar o ar, segundo a fabricante, com a célula de combustível podendo remover até 100% das partículas em contato com ela.

Mudanças no tanque da célula de combustível permitiram um melhor desempenho.Mudanças no tanque da célula de combustível permitiram um melhor desempenho.Fonte:  Toyota/Divulgação 

Outros destaques do carro a hidrogênio da Toyota são os sistemas de detecção de pedestres, automóveis e demais objetos, que ajuda na prevenção de acidentes, e a possibilidade de utilizar o veículo como fonte de energia para residências em situações de emergência — ele traz duas tomadas específicas para esta finalidade.

Toyota planeja vender 100 mil unidades

Com o lançamento da nova geração, a montadora japonesa quer vender 100 mil unidades do modelo, superando as 11 mil comercializadas da versão anterior. Para tanto, o preço do novo Mirai deverá ficar em torno de US$ 50 mil (R$ 265 mil, em conversão direta), cerca de US$ 10 mil mais barato que o primeiro.

Porém, a baixa quantidade de estações de hidrogênio pode dificultar o alcance da meta. No Japão, há 127 estações do tipo, enquanto o ideal seriam 900. Em outros países, a situação é ainda pior, como nos Estados Unidos, que conta com apenas 45 postos de abastecimento de hidrogênio.

Novo Toyota Mirai terá autonomia de 650 km com hidrogênio