Guerra: Tesla terá que competir com VW por carro elétrico barato

1 min de leitura
Imagem de: Guerra: Tesla terá que competir com VW por carro elétrico barato
Imagem: Pixabay
Avatar do autor

Os carros elétricos ainda custam caro, fator que dificulta o crescimento do segmento. Mas esta situação pode começar a mudar em breve, pois a Tesla e a Volkswagen, líderes do mercado na categoria, planejam produzir modelos mais baratos, com preços iniciais entre US$ 25 mil e US$ 30 mil (de R$ 133 mil a R$ 160 mil, pela cotação do dia).

No caso da montadora alemã, a novidade deve vir de um projeto intitulado “Small BEV”, conforme relatado pela Reuters nesta sexta-feira (27). O “pequeno veículo elétrico” é a aposta da VW para atender às regulamentações climáticas mais severas da União Europeia, que estão por vir.

Com o objetivo de ter um veículo eletrificado mais acessível e impulsionar as vendas, a companhia está desenvolvendo um modelo 100% movido a eletricidade do tamanho do Polo. Segundo a publicação, o preço estará na faixa citada anteriormente, tornando-o mais barato que o ID.3, lançado em setembro, que custa a partir de US$ 34 mil.

A VW quer um modelo menor e mais barato que o recém-lançado ID.3.A VW quer um modelo menor e mais barato que o recém-lançado ID.3.Fonte:  Unsplash 

A empresa definiu como meta aumentar a participação dos modelos sustentáveis para 60% de toda a sua produção global até 2030. Para tanto, ela deve investir US$ 86 bilhões nos próximos cinco anos, produzindo 1,5 milhão de unidades eletrificadas neste período.

Tesla planeja lançamento em três anos

Enquanto a Volkswagen não forneceu maiores detalhes a respeito do seu novo projeto, mantendo sigilo sobre o design e a data de lançamento, a Tesla já divulgou quando pretende começar a vender seu carro elétrico barato: daqui a três anos.

Durante o anúncio da novidade, em setembro, Elon Musk afirmou que a sua montadora fará um “atraente veículo elétrico de US$ 25 mil, que também é totalmente autônomo”. Além de mais compacto, o automóvel deve oferecer uma autonomia maior.

O preço reduzido e o melhor desempenho se devem à nova célula de bateria desenvolvida pela marca, que provavelmente proporcionará um alcance superior a 320 km com uma carga para o veículo.