Novo Papamóvel é movido a hidrogênio e foi feito pela Toyota

1 min de leitura
Imagem de: Novo Papamóvel é movido a hidrogênio e foi feito pela Toyota
Imagem: Toyota
Avatar do autor

O papa Francisco está de veículo novo na garagem — e ele é sustentável. O Papamóvel, automóvel adaptado e utilizado para eventos da autoridade religiosa, ganhou uma nova edição a partir de um modelo da Toyota.

O automóvel é um Toyota Mirai personalizado, com a cabine no topo para levar uma pessoa, além de uma identificação com bandeiras do Vaticano e um sistema de LEDs.

Há ainda uma adaptação com escada para facilitar a locomoção do pontífice. O assento elevado e protegido somente por barras de metal ainda permite que o público tenha uma maior visibilidade do papa durante visitas e aparições públicas.

A traseira do novo Papamóvel.A traseira do novo Papamóvel.Fonte:  Toyota 

O veículo foi presente da Conferência de Bispos Católicos do Japão e foi primeiramente usado pelo papa Francisco em sua última visita ao país, em novembro de 2019. Agora, ele pertence oficialmente ao Vaticano e pode ser utilizado em outras ocasiões.

A vista de frente do novo Papamóvel.A vista de frente do novo Papamóvel.Fonte:  Toyota 

Como destaque, o veículo tem zero emissão de carbono e roda a partir de um sistema de célula de combustível (hidrogênio). O Mirai modificado tem 5,1 metros de comprimento e 2,7 metros de altura (incluindo a cabine), tendo uma autonomia de aproximadamente 500 km sem precisar de recarga.

O papa Francisco recebeu o veículo no Vaticano em uma cerimônia oficial.O papa Francisco recebeu o veículo no Vaticano em uma cerimônia oficial.Fonte:  Toyota 

A preferência papal por veículos ecológicos não é inédita: em 2010, o agora papa emérito Bento XVI já havia escolhido um modelo elétrico para circular.

Fontes

Novo Papamóvel é movido a hidrogênio e foi feito pela Toyota