Semáforos inteligentes podem diminuir 20% do gasto de combustível

1 min de leitura
Imagem de: Semáforos inteligentes podem diminuir 20% do gasto de combustível
Imagem: Pixy
Avatar do autor

Um sistema de semáforos inteligentes que está em desenvolvimento na Universidade do Tennessee, nos EUA, promete diminuir em até 20% o consumo de combustível ao facilitar o fluxo de veículos com menos arrancadas em determinada via. O novo modelo de sinais de trânsito deve demorar para ganhar vida, mas recentemente ganhou um incentivo fiscal de US$ 1,89 milhão do governo dos Estados Unidos, o que pode ajudar a acelerar as pesquisas.

Chamado de sistema de controle de tráfego adaptável, o projeto é desenvolvido em uma parceria que envolve quatro universidades estadunidenses. Como o próprio nome indica, a ideia é criar uma tecnologia capaz de reconhecer o fluxo de trânsito e gerenciá-lo de maneira dinâmica.

O sistema de trânsito inteligente utiliza sensores e comunicação com o veículoO sistema de trânsito inteligente utiliza sensores e comunicação com o veículoFonte:  Cities Today 

O objetivo da equipe é criar um sistema integrado e que tenha comunicação entre carros conectados e semáforos. Durante o primeiro ano de trabalho, os pesquisadores darão ênfase no desenvolvimento de algoritmos e realizarão simulações com a tecnologia.

Após o período inicial de preparação, o time pretende realizar testes com o sistema de tráfego dinâmico em Chattanooga, nos Estados Unidos. A cidade é sede do campus da Universidade do Tennessee em que a tecnologia está em desenvolvimento.

Teste em "rua inteligente"

A cidade de Chattanooga também conta com o MLK Smart Corridor, uma rua inteligente com câmeras e sensores que se comunica com o sistema de veículos conectados. A infraestrutura permitirá que os pesquisadores coloquem os semáforos dinâmicos para funcionar em uma aplicação real, recebendo dados para monitorar e desenvolver a tecnologia.

A tecnologia será testada em uma "rua inteligente"A tecnologia será testada em uma "rua inteligente"Fonte:  University of Tennessee at Chattanooga 

Além de ter infraestrutura para testes de trânsito, o Smart Corridor também possui uma grande variedade de tráfego, segundo os pesquisadores. "Escolhemos uma área muito movimentada e que incorpora diversos meios, incluindo caminhada, bicicleta e transporte público", explica Mina Sartipi, uma das responsáveis pela pesquisa. "É uma espécie de amostra de tudo que acontece na cidade."

Como o projeto ainda está em estágios iniciais de desenvolvimento, os pesquisadores ainda não possuem uma estimativa de quando a tecnologia pode ser aplicada de maneira abrangente. Ainda assim, diversas fabricantes já estão equipando seus veículos com sistemas que reconhecem semáforos, o que deve facilitar o desenvolvimento de tecnologias para otimizar o trânsito.

Semáforos inteligentes podem diminuir 20% do gasto de combustível