Polestar 2 não supera Tesla Model 3 e tem menos autonomia real

1 min de leitura
Imagem de: Polestar 2 não supera Tesla Model 3 e tem menos autonomia real
Imagem: Polestar/Divulgação
Avatar do autor

Polestar anunciou, mas o seu sedã está longe de alcançar a autonomia do Tesla Model 3. O Polestar 2 apresentou um dos melhores visuais para carros elétricos e prometia 442 quilômetros de autonomia na estreia, mas testes EPA demonstram que o modelo percorre apenas 375 km em uma única carga.

Ainda é um carro completo e sua autonomia deve atender à necessidade de boa parte dos consumidores, mas a afirmação errônea da Polestar desgasta a imagem do veículo no setor. O Polestar 2 percorre 67 quilômetros a menos do que foi divulgado pela montadora e, apesar de ainda superar outros veículos da mesma faixa, sua bateria de 78 kWh perde para um dos seus principais concorrentes: o modelo padrão do Tesla Model 3.

a  Polestar/Divulgação 

O “baratinho” da Tesla do modelo padrão percorre 402 quilômetros por carga completa, e suas versões Long Range e Performance alcançam 518 km e 299 km, respectivamente. O Polestar 2 se enquadra como competidor do modelo com bateria Long Range, mas está sendo vendido por US$ 60 mil, enquanto o Model 3 sai por US$ 40 mil.

É um modelo estampado pela identidade visual da Polestar: moderno, com interior composto por couro napa ou materiais sem origem animal, sendo o primeiro carro onde o painel de controle central é equipado com Android Automotive OS, da Google; mas se a autonomia for um importante critério de compra — e normalmente é — outros modelos são mais interessantes, e provavelmente mais baratos.

Vale lembrar que a autonomia demonstrada em testes sintéticos não representa o alcance do veículo em cenários reais. Resta aguardar pela presença do Polestar 2 nas ruas e depoimentos dos seus compradores para ter uma perspectiva real sobre os números do elétrico.

Polestar 2 não supera Tesla Model 3 e tem menos autonomia real