Exploradores de postes: agências propõem que terceiros cuidem de fios

1 min de leitura
Imagem de: Exploradores de postes: agências propõem que terceiros cuidem de fios
Imagem: Pixabay
Avatar do autor

Ao andar pelas ruas, você nota que postes costumam carregar diversos fios que não fazem parte da rede elétrica e que, normalmente, parecem uma confusão difícil de resolver? A Anatel e Aneel farão uma proposta que busca dar um jeito nessa situação, permitindo a entrada de "exploradores de postes", empresas que poderão administrá-los de maneira independente. A ideia, pronta para ser decidida pelo conselho diretor da Anatel, deve ser lançada para consulta pública.

Atualmente, existe no mercado de telecomunicações algo semelhante aplicado a torres de telefonia celular, gerenciadas por prestadoras de serviços conhecidas como "torreiras". Estímulos econômicos voltados às proprietárias da infraestrutura dos postes (concessionárias de energia elétrica) estão previstos, visando aumentar o interesse no repasse do ativo para companhias que executem essas funções. As novas medidas, se aprovadas, substituirão as regras em vigor.

Ideia é que terceiros possam "desatar os nós".Ideia é que terceiros possam "desatar os nós".Fonte:  Pixabay 

Abraão Balbino, superintendente de Competição da Anatel, afirmou, em live promovida ontem (1) pelo Tele.Síntese, que, sem uma mudança, a implementação de novas tecnologias pode ser prejudicada. "Não dá para falar que serão instaladas Erbs de 5G [equipamentos que fazem a conexão entre os telefones celulares e a companhia telefônica] em postes, a exemplo do que está acontecendo no mundo, se a ocupação desses postes continuar do jeito que está", disse o executivo.

Exploradores de postes: agências propõem que terceiros cuidem de fios