Honda apresenta primeiro conceito de carro elétrico na China

1 min de leitura
Imagem de: Honda apresenta primeiro conceito de carro elétrico na China
Imagem: https://www.youtube.com/watch?v=VcKqgpsfl2McKqgpsfl2M&feature=emb_title
Avatar do autor

Ontem (27), durante a edição deste ano da Beijing International Automotive Exhibition (Auto China 2020), a Honda apresentou seu primeiro conceito de utilitário esportivo elétrico para o mercado chinês, o “Honda SUV e”.

Embora não tenha detalhado as especificações do automóvel, a montadora japonesa afirmou que ele representa um “futuro modelo de produção em massa”.

Honda SUV e:concept pode ser apenas exercício de desing.Honda SUV e:concept pode ser apenas exercício de desing.Fonte:  YouTube/Povozcar/Reprodução 

A estratégia da Honda parece um pouco atrasada quanto ao segmento de veículos elétricos, uma vez que a empresa deu indícios de que o conceito não passa de um exercício de design.

Montadora japonesa afirma que o modelo deverá ser produzido em massa, na China.Montadora japonesa afirma que o modelo deverá ser produzido em massa, na China.Fonte:  YouTube/Povozcar/Reprodução 

Honda ainda não impressiona com veículos elétricos

Um exemplo de que a montadora ainda “engatinha” no mercado de veículos elétricos é o único modelo de baixo volume comercializado na América do Norte, o qual utiliza três motores.

O único modelo criado para ser 100% elétrico, desde o início do desenvolvimento, é um automóvel comercializado na Europa, que tem autonomia de bateria bem curta.

Visual do utilitário esportivo é arrojado, mas suas especificações não foram informadas.Visual do utilitário esportivo é arrojado, mas suas especificações não foram informadas.Fonte:  YouTube/Povozcar/Reprodução 

Como a companhia acabou de apresentar um novo conceito de carro elétrico na China, é provável que ela esteja se dedicando a este segmento apenas nas regiões em que é forçada a fazê-lo, devido às legislações locais. Vários países da Europa já estipularam datas para que carros movidos e combustível fóssil tenha a comercialização proibida.

Para completar, parece que a montadora não obteve sucesso em suas apostas com modelos movidos a hidrogênio, e, agora, sofre com a concorrência entre os modelos elétricos.

A esperança é um acordo que a japonesa mantém com a GM, que pode ajudá-la a lançar novos automóveis elétricos, ao menos nos EUA.

Honda apresenta primeiro conceito de carro elétrico na China