Musk anuncia 2 elétricos inéditos e 20 milhões de veículos por ano

1 min de leitura
Imagem de: Musk anuncia 2 elétricos inéditos e 20 milhões de veículos por ano
Imagem: Brendan Smialowski / AFP/Getty Images
Avatar do autor

Elon Musk acordou otimista nesta segunda-feira (28). Depois de uma semana de más notícias, o executivo da Tesla divulgou uma série de tuítes nos quais a principal novidade é que a sua empresa espera produzir 20 milhões de carros elétricos por ano antes de 2030.

Musk reconheceu que isso exigiria "uma execução consistentemente excelente". E ele está certo: a meta representa mais de 50 vezes o valor da produção dos 365 mil veículos de 2019.

No entanto, Musk acredita em sua equipe e enviou, na semana passada, um email a todos os funcionários da Tesla, afirmando que a empresa tem condições de registrar um trimestre recorde até o final do ano se os funcionários "voltassem ao combate".

Dois elétricos inéditos

Outro anúncio de Elon Musk foi que a Tesla está planejando dois modelos inéditos de carros elétricos na Gigafactory Berlim e em Xangai, dentro da estratégia de produzir carros mais baratos. No entanto, não deu maiores detalhes, a não ser que a empresa planeja formar equipes de designers para os novos modelos a serem produzidos nesses mercados.

Esse anúncio não altera os planos da Tesla de lançar no mercado, nos próximos dois anos, a picape Cybertruck, o caminhão elétrico Tesla Semi e o esportivo Roadster.

E o carro de US$ 25 mil?

Sobre a polêmica do carro elétrico de US$ 25 mil, que causou grande decepção nos investidores ao ser anunciado para daqui a três anos, Elon Musk fez uma revelação nesta manhã. Ao responder ao comentário de uma cliente sobre o assunto: ele afirmou que o carro popular de US$ 25 mil não é o Model 3, mas sim “um futuro carro que será menor”.

Isso significa que a montadora planeja, na verdade, um carro inédito, o que pode estar relacionado com os novos veículos de Xangai e Berlim.

Musk anuncia 2 elétricos inéditos e 20 milhões de veículos por ano