Autopilot da Tesla identifica limite de velocidade e sinal verde

1 min de leitura
Imagem de: Autopilot da Tesla identifica limite de velocidade e sinal verde
Imagem: Unsplash/Reprodução
Avatar do autor

Tesla recentemente anunciou uma nova atualização de software para o Autopilot, seu sistema de piloto automático, que agora inclui sensores para sinais verdes e limites de velocidade. 

Com isso, o sistema identifica o limite de cada trajeto e, caso o motorista esteja rápido demais, ele recebe um aviso no display do carro — o que também acontece se, após os semáforos indicarem a luz verde, o veículo permanecer parado.

Essas novidades são parte do projeto de "direção autônoma", anunciado em julho do ano passado no site oficial da empresa. Antes dessa atualização, os carros da Tesla já eram capazes de reduzir a velocidade antes de sinais vermelhos ou de parada obrigatória.

Apesar dos avanços, a empresa alerta que o Autopilot não foi desenvolvido para substituir o motorista, mas para auxiliar a direção do veículo, tornando-a mais segura e confortável.

Imagem de um dos modelos da Tesla.Imagem de um dos modelos da Tesla.Fonte:  Unsplash/Reprodução 

Direção 100% autônoma com IA

Enquanto a Tesla parece mais cautelosa em relação à direção totalmente autônoma, a General Motors está investindo no Cruise, um carro totalmente elétrico e com um sistema de direção que promete superar as capacidades humanas.

"Seu conjunto de sensores em múltiplas camadas identifica mais espectros de comprimento de onda do que os seres humanos, e sua IA processa decisões de forma mais rápida do que nosso o cérebro. Isso dá ao Origin a capacidade de 'enxergar' mesmo à noite e em más condições climáticas."

oi  Cruise/Divulgação Imagem do carro elétrico e autônomo Cruise.

Através da tecnologia de inteligência artificial, esse modelo ainda vai traduzir em comandos a linguagem corporal das pessoas no trânsito — quando, por exemplo, um ciclista estender seu braço direito para indicar a direção que ele vai seguir. Mais informações sobre o modelo estão disponíveis em um artigo do Instituto de Engenheiros Eletricistas e Eletrônicospublicado na última quarta-feira (26).

Autopilot da Tesla identifica limite de velocidade e sinal verde