Renault vende 300 mil carros elétricos e lidera segmento na Europa

1 min de leitura
Imagem de: Renault vende 300 mil carros elétricos e lidera segmento na Europa
Imagem: Renault/Divulgação
Avatar do autor

Neste mês de julho, a Renault superou a marca de mais de 300 mil carros elétricos vendidos no continente europeu desde 2010, de acordo com os dados divulgados pela montadora na última sexta-feira (24). A marca francesa é a líder do segmento na região.

Mesmo com o mercado em crise por causa da pandemia do novo coronavírus, a fabricante registrou um aumento de 38% nas vendas de veículos movidos a eletricidade na Europa, durante o primeiro semestre de 2020, chegando a mais de 42 mil unidades comercializadas.

Um dos responsáveis pela marca alcançada é o Renault Zoe, cuja versão conceitual foi apresentada em 2009, chegando às concessionárias um ano depois. Desde então, foram mais de 100 mil unidades vendidas somente na França e uma procura cada vez maior no continente.

Em junho, os modelos Zoe e Kangoo Z.E. bateram seus recordes mensais de vendas.Em junho, os modelos Zoe e Kangoo Z.E. bateram seus recordes mensais de vendas.Fonte:  Renault/Divulgação 

Conforme as informações da montadora, o Zoe registrou 37,5 mil unidades vendidas nos seis primeiros meses deste ano, em todo o continente, um aumento de quase 50% em comparação com o mesmo período de 2019. Além disso, ele teve cerca de 11 mil pedidos somente em junho, superando o seu recorde mensal.

Novidade a caminho

A linha de modelos elétricos da marca francesa será reforçada em breve, com a chegada do Renault Twingo Z.E., um compacto desenvolvido para uso urbano. Equipado com motor de 81 cv de potência e velocidade máxima de 135 km/h, alimentado por bateria de 22 kWh, ele terá autonomia de 270 km, no ciclo urbano.

Segundo a fabricante, a versão elétrica do Twingo gastará pouco mais de 13 horas para ser recarregada em uma tomada doméstica de 2,3 kW. Mas esse tempo poderá ser reduzido para 8 horas, se for usado um wallbox de 3,7 kW, ou para 4 horas, com um carregador de 7,4 kW. Ele custará a partir de 24,7 mil euros, o equivalente a mais de R$ 150 mil, em conversão direta.

News de tecnologia e negócios Deixei seu email aqui, e welcome to the Jungle.
Renault vende 300 mil carros elétricos e lidera segmento na Europa